quarta-feira, 25 de junho de 2014

A Queda do V:TES na Cidade

Após um início de ano que prometia uma busca constante por novos jogadores para manter o jogo vivo em Teresina, sentimos o efeito contrário acontecer.

Eu comecei a me envolver com novos jogos e o tempo para o hobbie foi caindo. Outro companheiro de jogatina resolveu focar nos estudos e apoiou a parada no jogo, digamos assim.

Então, nosso pequeno grupo deixou de jogar V:TES. Parte do grupo ajudou a reunir aficionados por jogos de tabuleiro. Não só reunir, mas comprar jogos também. Eis alguns títulos que adquiri: Game of Thrones Board Game, Lord of the Rings LCG, Android: Netrunner, Agrícola, Ticket to Ride, Citadels, entre outros.

Um dos motivos para eu ter desanimado em relação ao V:TES foi principalmente pelo tamanho do grupo, enfrentar os mesmos decks, os mesmos jogadores. No fundo, há também o sobe e desce de interesses que acontece comigo. Já joguei muito xadrez, joguei muito RPG e joguei muito Magic. Cada um deles, parei por um motivo diferente.

No entanto, o RPG é o passatempo que sempre tento voltar para sentir as antigas sensações que ele provocou em mim nos tempos áureos de jogatina. Tanto é que tenho ainda vários livros que sequer joguei. Claro, há livros de RPG que somente a leitura já é agradável mas seria melhor usá-los em uma sessão de jogo.

Assim, em meio aos jogos de tabuleiro, tento jogar algumas partidas para manter o RPG vivo. E o V:TES? Penso que ainda jogaremos em 2014 mas isso só o tempo dirá com certeza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário